terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Dias quentes, mas muito frios.
Dias de horas difíceis, de palavras ríspidas, de noites longas, de paciência rompida, de angústias latentes.

Mas a gente espera os que ainda vão nascer, pra ver se melhora.

2 comentários:

Nath disse...

Mas são esses dias que nos fazem crescer ^^

Minoda disse...

Essa mina do comentário anterior disse tudo!
Mas o que seria da pr´xima geração se não estivessemos aqui?

bjo